• nutrianapaulamarti

Berberina e SOP


A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é uma das doenças mais frequentes entre mulheres em idade reprodutiva, a qual afeta os sistemas metabólico e reprodutivo, sendo mais conhecida por ciclos menstruais irregulares, anovulação, amenorréia, excesso de androgênios, como testosterona, infertilidade, obesidade e ovário policístico. O excesso de peso agrava todos os aspectos da SOP devido a distúrbios metabólicos subjacentes.

O manejo da SOP requer uma abordagem multidisciplinar. Uma vez que os tratamentos comuns para a SOP não são totalmente eficazes e têm alguns efeitos colaterais indesejáveis, devem ser feitas tentativas para encontrar opções terapêuticas mais vantajosas com o mínimo de efeitos adversos, como as plantas medicinais.

Vários estudos revelaram que um amplo espectro de ervas pode ser usado no tratamento dos sintomas da SOP; essas ervas têm sido usadas em combinação com tratamentos convencionais. No geral, ervas, incluindo espécies de canela, Vitex agnuscastus , Foeniculum vulgare Mill e Linum usitatissimum L. parecem ser úteis na regulação dos ciclos menstruais e na melhoria dos índices hormonais e metabólicos!

A SOP foi identificada como um tipo de síndrome metabólica e pode levar a um risco de diabetes e doenças cardiovasculares a longo prazo. A berberina (BBR) é um alcalóide extraído de ervas medicinais chinesas que tem sido


usado como um sensibilizador de insulina. BBR pode ter um valor terapêutico potencial para SOP. Apresenta bom potencial na prevenção e tratamento de distúrbios metabólicos, incluindo controle de peso, redução do colesterol e efeitos hipoglicêmicos.




3 visualizações0 comentário