Buscar

Papel da Nutrição na Candidíase

Só quem já teve sabe que chato que é, e após tratamento, ainda pode voltar com tudo (chamado de candidíase recorrente) se não cuidar. E sim, a dieta tem papel fundamental nisso tudo.

Trilhões de bactérias vivem em nosso intestino formando a chamada microbiota intestinal. O fungo é natural ao nosso organismo e junto com as bactérias benéficas mantem a ecologia do nosso organismo em equilíbrio. Quando ocorre uma multiplicação destes fungos em detrimento das bactérias benéficas uma série de sinais e sintomas são desencadeados e um deles é a candidíase vaginal.

A Cândida é um tipo de fungo, presente em nossas mucosas, intestinal, vaginal e até pele. Seu crescimento é limitado pelo sistema imunológico e pela nossa microbiota intestinal. Quando há um enfraquecimento deste sistema imunológico ou o equilíbrio entre bactérias benéficas e fungos é desestabilizado e ocorre o que chamamos de candidíase intestinal, este desequilíbrio pode causar as infecções vaginais. Além disto, esta multiplicação fúngica no intestino, faz com que haja uma liberação de subprodutos que passam pela parede intestinal causando uma variedade de sintomas como fadiga, gases, diarreia, infecções repetitivas, irregularidades menstruais, alergias, sensibilidade a medicamentos e ate mesmo depressão.

O que favorece o aumento de fungos no organismo? – Uso contínuo de antibióticos e anticoncepcionais; – Consumo elevado de doces; – Uso de álcool; – Diabetes; – Sistema imunológico debilitado

Como a nutrição pode tratar os quadros de candidíase?

O tratamento da candidíase é abrangente e devemos pensar e todos os sistemas que envolvem a sua multiplicação. Para isso devemos:

– Inicialmente equilibrar a microbiota intestinal, favorecendo o aumento de bactérias benéficas; – Formatar um plano alimentar com restrição do consumo de açúcares simples. O alimentos predileto da Cândida é o açúcar, além disto, o consumo de doce modifica o pH intestinal, deixando o meio favorável para sua multiplicação – Restringir o consumo de álcool; – Exercícios e terapias comportamentais são importantes para redução do estresse.

Protocolo para o tratamento de candidíase de repetição

Frutas Excluir: Banana, abacaxi, papaia, frutas secas e sucos. Incluir: Frutas Frescas e congeladas de baixo índice glicêmico. Consumo: 1 a 2/dia

Ovos, leite e laticinios Excluir: Leite e derivados do leite com ou sem açúcar ou adoçante. Incluir: Leites vegetais, alguns queijos como mussarela, cottage e ricota e queijo de cabra e ovos.

Farinhas e grãos Excluir: Farinhas refinadas adoçadas ou não Incluir: Farinhas e grãos 100% integrais.

Carnes, peixes e Frango Excluir: Embutidos e carnes processadas Incluir: Peixes fresco, frango, peru e carnes magras (preferência orgânicas)

Leguminosas Excluir: Nenhuma Incluir: Tofu (com moderação) e tempeh, lentilha, grão de bico, feijões, edamame, ervilha (e caso paciente não ter sensibilidade às leguminosas, claro)

Oleaginosas e Sementes Excluir: Amendoim e pistache Moderação: Nozes, avelã, amêndoa.

Vegetais Excluir: Cogumelos, batata e milho Incluir: Todos os vegetais

Gorduras Excluir: Margarina, molhos à base de maionese e todas as gorduras trans Incluir: Abacate, manteiga, azeite, óleos processados a frio, óleo de linhaça, óleo de gergelim, óleo de semente de abóbora, óleo de coco

Alimentos ácidos e fermentativos Excluir: Todos os vinagres e produtos conservados em vinagre Incluir: Limão*

Açúcares e adoçantes Excluir: Açúcar branco, açúcar mascavo, frutose, glucose de milho Incluir (se necessário): Stévia

Bebidas Excluir: Refrigerantes, bebidas alcoolicas, café Incluir: Água e chá

Por que consumir limão se ele é um alimento ácido?

Sim, o limão é uma fruta ácida mas uma vez ingerido ele estimula a produção de carbonatos e bicarbonatos orgânicos no nosso organismo, além disto o ácido cítrico se oxida, atuando como uma base. Essas substâncias, aliadas a outros componentes do limão (felandrina, terpenos, limonina, bioflavonóides, vitamina C, entre outras) auxiliam no tratamento da candidíase. Essas mesmas substâncias auxiliam na regeneração de tecidos inflamados, por este motivo ele também é indicado para a gastrite, por exemplo.

Saiba 10 sinais que você pode estar com crescimento acelerado de fungos:

1. Micose na unha e na pele; 2. Cansaço crônico, sempre sentindo-se cansado, mesmo dormindo; 3. Apresenta tireoidite de Hashimoto e outras doenças autoimunes; 4. Problemas digestivos como gases, constipação e diarreia; 5. Dificuldade de concentração, déficit de memória e foco; 6. Irritabilidade, transtornos de humor, ansiedade e depressão; 7. Infecções vaginais; 8. Severas alergias de pele de acordo com o clima, e presença de eczema e psoríase; 9. Vontade absurda de carboidratos refinados; 10. Língua com saburra branca.

Consulte sempre seu Nutricionista e viva a individualidade bioquímica!

#candidiase #fungos #nutriçãofuncional

4 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Sopa de abobrinha, inhame e couve

Ingredientes: - 2 unidades médias de abobrinha - 1 inhame médio ou 2 pequenos cozidos e sem casca - 1 colher de sob de azeite de oliva - 3 folhas grandes de couve sem o talo couve - 1 talo de alho por

ALMÔNDEGAS RECHEADAS E EMPANADAS COM SEMENTES⁣

⁣ Ingredientes massa:⁣ ⁣500g de carne moída de patinho⁣ 1 cebola pequena bem picada⁣ 3 dentes de alho amassados⁣ 1 ovo⁣ 3 colheres de sopa de farelo de aveia⁣ 2 colheres de sopa de azeite⁣ 2 colheres